google-site-verification=lRHEWCH_lhUcC3jfPGqtqzJYWrTKG3-D4icy5WBVWXU

ILUSTRES DESCONHECIDOS​

"FILIBUS"

De Mario Roncoroni

Musicado por Gonçalo Simões

com Josefina Alcaide e Pedro Carvalho

16.10 | 21h30 | Fórum Municipal Luísa Todi

Filibus, é um misterioso pirata dos céus e mestre nos disfarces que faz assaltos ousados com o seu dirigível tecnologicamente avançado.


"Quem é Filibus?"
Em 1915, o filme anunciava a sua estreia colocando esta intrigante pergunta, indiciando, assim, a misteriosa personalidade múltipla da principal personagem. Curiosamente, a identidade da magnífica atriz italiana que desempenhava o papel de Filibus nunca era revelado. Interpretações como Filibus, a Baronesa Troixmond e o travesti Conde de la Brive eram subtis, graciosas, brilhantes e décadas à frente do seu tempo. Ao longo do último meio-século, o papel principal em “Filibus” foi sempre creditado à atriz Cristina Ruspoli; a sua interpretação notavelmente moderna tem sido exaltada em inúmeros livros e artigos.


O espetador contemporâneo poderá também questionar-se sobre como esta anti-heroína transformista, assinalada por alguns como a primeira lésbica do cinema, conseguiu emergir de uma cinematografia italiana dominada por divas desfalecentes e épicos históricos.


O filme é também um precursor dos atuais tecno-thrillers repletos de engenhocas: para os seus vários estratagemas, Filibus emprega não apenas o zepelim, mas também um aparelho que designa por heliógrafo, uma pequena câmara, uma mini-arma, muitas drogas soporíferas e ainda impressões digitais falsas.


Anteriormente visionado em versões deficientes, com baixa resolução e mal legendado, “Filibus” foi agora brilhantemente restaurado pelo EYE Filmuseum, que consegue aproveitar todo o espantoso potencial do Método Desmet (usado para restauro das cores dos primeiros filmes mudos) a partir das cópias originais em nitrato que tem guardadas no seu arquivo.
(Milestone Films – trad. Legendários)

FICHA TÉCNICA

Título Original "Filibus" Realizador Mario Roncoroni País Itália Ano 1915 Duração 79’ Elenco Valeria Creti, Giovanni Spano, Mario Mariani e Filippo Vallino Produção Corona Film Música Gonçalo Simões

 
 
  • Facebook Município de Setúbal
  • Instagram Film Fest

©2020 Film Fest

Câmara Municipal de Setúbal

Gonçalo Simões